quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Mito do Chip No Pato á Pequim.

Toca o telefone, três toques.
Artur atende mesmo a tempo, mais um toque e a Patrícia sua mulher desligava a chamada.
- Estou ?
- Sim ?
- Amor, antes de passares no infantário para trazeres o Frederico vai ao supermercado, traz uma garrafa de azeite e pão para o jantar.
- Especialmente hoje estava a pensar em algo diferente.
- Em quê ?
- Vou buscar o Frederico, levo-o a casa da tua mãe e vamos jantar fora.
- Bem pensado, hoje até nem estava com muita vontade de cozinhar.
- Estás a ver aquele restaurante chinês onde fomos jantar com o Jaime e a Beatriz?
- Sim, apetecia-me antes um belo bife á Portuguesa, mas se o meu amor lhe apetece chinês, que assim seja.
- O.k. vou só deixar o Frederico, e já te vou buscar .
Atravessar o itinerário complementar (I.C) mais movimentado da Europa ás sete da tarde não era tarefa fácil.
Ou seja, a tarefa até se revelou fácil, a rapidez é que nem tanto .
A avó Rita já estava á porta para receber o Frederico, previamente avisada com um telefonema do Artur enquanto conduzia o seu Hyundai santa fé.
Frederico acabara de ficar com a avó Rita, mas o Artur até chegar a casa ainda tinha que percorrer cerca de sete quilómetros.
Artur sobe dois lances de escada e entra no segundo esquerdo, apartamento que divide com a Patrícia há quatro anos desde que casaram.
- Amor cheguei.
- Estou no banho.
- Então vou só reservar lugar para dois á luz de velas, pela net .
Após uns longos quarenta minutos, estão os dois no conforto do seu automóvel.
Patrícia põe a tocar um C.D de musica romântica.
Aquela meia hora de viagem até ao restaurante pareceu apenas cinco minutos, na presença sempre agradável da sua mulher.
Á entrada dois imponentes dragões, esculpidos em madeira maciça .
Após o wall, uma simpática senhora vestida com um lindo kimone preto bordado a dourado, fazia a recepção e posterior encaminhamento dos clientes até ás mesas.
Duas velas com um agradável aroma ardiam dentro dos castiçais situados mesmo no centro da mesa.
Uma senhora um pouco mais velha que a anterior, com uma evidente cicatriz recentemente curada na mão direita, colocou duas ementas em cima da mesa.
- Já sei o que vou jantar.
Disse Artur.
- E eu vou arriscar em adivinhar o teu pensamento.
- Podes tentar, mas será em vão.
- Estás a pensar em Pato á Pequim.
- Acertaste.
- Da ultima vez que cá estivemos disseste, “- Para a próxima vou provar o Pato á Pequim .”
- Foi? Não me recordo.
Artur chamou a simpática senhora.
- Já sabem o que vão jantar?
- Já, vamos jantar os dois Pato á Pequim, visto só termos ouvido dizer bem dessa iguaria.
- E para beber?
- Traga-nos um bom vinho tinto português, mas antes do pato traga-nos duas sopas de ninho de andorinha .
Não se passaram mais que vinte minutos para que a senhora pousasse uma travessa bem recheada com Pato á Pequim, acompanhada de duas taças de arroz.
- Bom apetite.
Disse a simpática senhora, que agora já se afastava com um passo muito miudinho, para deixar o casal jantar em armonia no ambiente das velas.
- Que cheirinho agradável tem este pato.
Disse a Patrícia para logo de seguida começarem a comer.
- Este pato com arroz está divinal, mas dizem que o que dá muito sabor a este tipo de pato, é a pele bem passada ligeiramente queimada .
Afirmou Artur.
- Neste caso, não é a pele que dá o sabor, porque este pato não tem pele!
Exclamou a Patrícia para logo de seguida trincar algo muito duro.
Algo tão duro que fez com que lascasse um pouco de dente da sua forte dentição.
Por instinto e com o pânico engoliu.
O que quer que fosse.
Engoliu.
Agora as dores já não eram apenas nos dentes, mas também no abdómen.
Se haviam dores que doíam, eram aquelas.
Como se de facas a espetarem no estômago se tratasse .
Artur não pensou.
Apenas reagiu.
Pegou na sua esposa e saiu, pela porta fora do restaurante derrubando algumas cadeiras pelo caminho.
Hospital.
Era o caminho a seguir conduzindo o seu Hyundai.
Alguns telefonemas influentes, fizeram com que entrassem directamente para o gabinete de urgências do Dr. Jorge de Almeida.
Radiografar o abdómen seria o primeiro passo a dar após uns pequenos exames preliminares .
Uma cápsula.
Era exactamente o formato duma cápsula que estava a causar exuberantes dores no abdómen da Patrícia .
Passados alguns minutos, já ela se encontrava no gabinete de endioscopia , com uma sonda entrando-lhe pela garganta, e que finalizava no estômago.
Volvidos sete minutos e meio, já a dita cápsula havia sido retirada .
Não era uma cápsula.
Não era um ferro.
Não era um vidro.
Era um Chip.
Um Chip de identificação animal.
Cinco dias passaram.
E como tinham apresentado queixa na policia, era tempo de passar na esquadra para saber o resultado da identificação do Chip .
O chip pertencia a um Cão de raça PittBull de côr branca com o nome de Fight cujo dono era de nacionalidade Portuguesa.
Procurado pelas autoridades pelo facto do respectivo animal ter atacado uma cidadã de origem oriental, encontrava-se agora a monte procurado pelas autoridades .

52 comentários:

Henriqueseis disse...

Será que era pato o que eles comeram?
E o que fazia um chip agarrado a um pedaço de carne de pato?

Sónia disse...

Olha,

eu amo pato à Pequim ...
mas sabes li tudo com tanta atenção e pra ser franca nao me vai apetecer tão cedo ...
Parabéns pelo blog :)))))

SILÊNCIO CULPADO disse...

Isto é terrível para além de surrealista. Mas está bem escrito, sim senhor.

Henriqueseis disse...

Obrigado,a vocês que gostaram da minha escrita. Eu também adoro Pato á Pequim,e vou continuar a comer. Desde que me saiba bem,mesmo que não o seja.Naõ quero de forma nenhuma, que este mito seja confundido com alguma espécie de conspiração contra os restaurantes chineses.

Rafeiro Perfumado disse...

Se esta cena fosse verdade, acho que era desta que bania de vez o desejo de crepes chineses. Mais uma vez bem escrito, jove. A ver se desta vez o intervalo para o próximo texto é mais pequeno ;)

Bxana disse...

Bem, meu caro, enquanto me lembrar disto, tão cedo não ponho pezinho em restaurante chinês, não...:s


Miaus... e parabéns pelo regresso!!!

Teresa David disse...

ESTA HISTÓRIA PODERÁ SER UM MITO, MAS HÁ JÁ ALGUNS ANOS ATRÁS UM RESTAURANTE AFAMADO DE LISBOA DE NOME "O POLÍCIA" FOI ENCERRADO PORQUE O SEU PRATO MAIS RECOMENDADO E CONSUMIDO, COELHO Á CAÇADORA,ERA FEITO COM GATOS VADIOS! VOLTOU A ABRIR, MAS PELO SIM PELO NÃO NUNCA MAIS LÁ COMI!
BJS
TD

medusasss disse...

Que horror!
Isto mitos Urbanos, nunca se sabe onde cessa a verdade e começa e imaginação galopante!

henriqueseis disse...

A imaginção galopante depende de cada um.Pois eu gosto muito de galopar na minha imaginação.
Exemplo disso é o meu outro blog em que nada do que digo lá é verdade.Ou pelo menos parte do que digo.

Http://men-tira.blogspot.com

Ou clica em cima do meu nome azul .



.

nico disse...

Escreves muito bem!
Eu conheço muitos mitos!
Queres fazer uma parceria tipo Nuno Markl e Portal Pimba?

R.I.P.per disse...

Epá...sei dum restaurante PORTUGUES q cozinhava os cachorritos q a cadela paria...

Está bom o texto...keep going.

Henriqueseis disse...

nico, temos que pensar nisso.vai dando novidades.

Anónimo disse...

"- Já sabem o que vão jantar?
- Já, vamos jantar os dois Pato á Pequim, visto só termos ouvido dizer bem dessa iguaria."

Mas que diálogo incrívelmente realista.

Ou não.

Henriqueseis disse...

Anónimo, não compreendí a ironia.
Gostava que me explicasses melhor para poder evoluir.Qualquer crítica é bem vinda.Mas de nada me serve se eu não a entender.Essa crítica foi muito irónica e transcendeu-me.Aparece sempre, gosto de opiniões divergentes.

medusasss disse...

Henriqueseis, já cliquei no teu nome em azul e já andei a vasculhar os teus blogs.
Gostei muito do mentira, assim como também gosto muito deste. Continua a galopar a tua imaginação!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Porque és um visitante especial, que deixa nas ideias as suas convicções e o calor humano do respeito e da amizade, deixei-te, no meu blogue, o símbolo do nosso aperto de mão.
Obrigada pela tua presença amiga

C Valente disse...

POr estas e por outras eu que até gostava de comida chinesa, risquei do meu dicionário, desde o dia que foi a um restaurante e fiquei perto da porta da cozinha, e ouvia-o cozinheiro, ou quem que que seja a tossir compulsivamente,
Nada melhor que um bife á portuguesa
Saudações amigas

SILÊNCIO CULPADO disse...

Hoje é o dia do "Olá". O dia em que internacionalmente se comemora o world hello day, num grito universal de unidade em prol da paz e da justiça. Quando te digo olá eu quero dizer tudo. Mesmo tudo. Mas sobretudo quero caminhar contigo em busca de pessoas que queiram caminhar.
Olá!

Um Momento disse...

Hum???
Um chip...
Xiii

E eu que nem gosto de pato
Adorei o texto
Noite linda desejo
(*)

Miguel disse...

mais um... eu gosto de pato, gosto de comida chinesa (especialmente os crepes), mas até agora nem uma espinha ou osso encontrei na comida... mas... nunca se sabe ;)

continua! ;)

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pato à Pequim é um dos meus pratos favoritos de comida chinesa. Por isso vê lá o que me arranjas.
Hoje tenho um post no Notas Soltas & Ideias Tontas (http://notassoltasideiastontas.blogspot.com) em que fiz um apanhado de dados oficiais sobre os "cancros" que o país padece e que mostram, de forma nua e crua, as realidades com que nos confrontamos.
Se tiveres um pouquito de tempo gostaria de ouvir a tua opinião sobre temas tão gritantes quanto aqueles.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Ai o meu pato à Pequim
que não mais com apetite comerei
sempre com medo do chip.

Aqui del rei, abaixo a comida chinesa!

vsuzano disse...

E no arroz chow chow ? não vinham pêlos nem nada???

rsrsrsrsrs

SILÊNCIO CULPADO disse...

Este post é muito sui géneris e eu gostei bastante.
Mas será que me podias servir outra refeição?

Henriqueseis disse...

Uma refeição para ser servida tem que ser bem cozinhada.É isso que eu estou a fazer.Mas ainda ando á procura dos ingredientes.

SILÊNCIO CULPADO disse...

HENRIQUESEIS
Tu que serves tantos pratos saborosos dás-me outra vez Pato à Pequim?
Um abraço a saber a Natal

Luís Filipe C.T.Coutinho disse...

fico-me pela comida japonesa definitivamente!

abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Votos de Feliz Natal com tudo o que de bom possas desejar.

Henriqueseis disse...

Obrigado a todos os meus leitores amigos.Desejo a todos um feliz Natal, e uma entrada em 2008 com muitas maluquices moderadas.
http://men-tira.blogspot.com

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Henriqueseis disse...

Alguém conhece este Camone? o Tipo diz que podemos ganhar € a escrever no blog.Deve estar louco de certesa.Very nice very nice.Como diria o zézé camarinha. put a cream.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Continuação de Boas Festas e que o Novo Ano de 2008 te traga, para além de tudo o que de bom desejares, um novo pitéu em forma de post.
Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

A terminar o ano de 2007 quero agradecer-te as tuas visitas e mensagens que registei com apreço.
Que o Novo Ano de 2008 te traga tudo o que desejares
Beijinhos

herbívora disse...

Escreves mesmo bem rapaz ;D
E quanto ao conto...quer se dizer acho que é bem capaz de acontecer... os orientais têm lá os seus gostos né loOl

inBluesY disse...

Terrivelmente bom este Pato a Pequim.

Parabéns

Henriqueseis disse...

Podem sempre ver mais noticias minhas maquiavélicamente estruturadas (no bom sentido) em
http://men-tira.blogspot.com

AnArKyii disse...

só tenho uma coisa a dizer...
pobre do cão...
da mulher nem por isso...n tenho muito amor a humanos;somos crueis...os animais nao metem histórias crueis na net

Henriqueseis disse...

Gerar uma hitória cruel não é sinónimo de ser cruel.Eu tenho cinco animais três deles são cães, e estão muito bem tratados e amados.

A. João Soares disse...

Henriqueseis,
Acima de tudo, muito bem escrito e com imaginação.
Estava à espera de ser uma tentativa para inserir am cada cliente um chip para o identificar pessoalmente com um número ou coisa no género.
Consta que há organizações internacionais a quererem inserir um chip em cada pessoa, começando pelas crianças logo na maternidade e nos idosos, com o pretexto de não serem raptados ou perdidos. Mas a realidade parece ser o controlo absoluto de cada ser humano, para o dominar a ser escravo de uma minoria dominadora, um governo único e autoritário para o Planeta.
Um abraço
João

No blog Do Miradouro há novos artigos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigo
Deixo um abraço.

Anónimo disse...

Agra pur causa desta cena.. ja n possu ir a restaurantes... ha uma semana tras. li a tua historia e neste fim de semana, os meus pais keriam m obrigar ir a um restaurante, mas eu nao keria.. a minha mae keria me bater com o cinto.. entao.. eu possuida pelo medo.. fui a cuzinha.. agarrei na faca da manteiga e espeteia na barriga, a minha sorte, e k a minha mae e da policia e tinha problemas psicologicos e tinha uma arma e eu disse k ela m kria matar.. pur issu n fui presu.. e u meu pai como ficou com medo d mimm confirmou a minha historia.. a minha mae coitada.. ta num bau nu sotao. e agora o espirito dela apareceu me num sonho e diz k t vai matar pk a culpa e du teu blog.. e melhor esconders te xau..!





Nao te escondas.. n e precisu..

Anónimo disse...

haha.. e pah tinha de por isto.. fica =D.. um dia... vais conseguir.. bjaum

Henriqueseis disse...

anónimo!!!!! que chinesice. ninguem entende nada.Mas já entendí.Um dia vou conseguir o quê?Eu não ando aqui para conseguir nada. Apenas conto histórias que as pessoas gostam de lêr, e isso eu já consigo.Um também para tí.

EMF disse...

Ha quem coma gato por lebre...E pena por não ter penas que tenha sido cão.

Anónimo disse...

Pois... "n se percebe nda..!" e po desfaine... ne?
tas a tentar passar despercebidu..
a mnha mae disse k dia 15 d março, greve geral nao te pode fazer a folha.. dia 16 e 17 tbm n pk e fim d semana mas dia 18 tbm nao k eu tnh uma consulta e ela tem d tar la a apoiar me.. dia 19 n da pk tnhu teste e ela vai tar la a dzer me as respostas.. dia 20tbm n da pk vai haver uma inauguraçao d 1 restaurante de comida chinesa.. e ela gosta buedas tem d ir la provar.. dia 21 nao pode pk faz anos, ou seja, so sobra dia 22.. nesse dia vais ser folhado.. (vao t fzer a folha).. ou entao vai te pregar um susto.. bem.. tnho de falar com ea.. fui.. abraços ..
ass: o amigo sem nome ^^

Henriqueseis disse...

Amigo sem nome vê lá se tomas os comprimidos para a gaguês.E se não for pedir muito toma uns tb para a cabeça,lol.

J.MARTINS disse...

Oha lá será que o pato comeu o Pitbull??

Anónimo disse...

Os meus parabens. Fiquei surpreendido com este teu dom, conhecendo-te pessoalmente não imaginava.

Continua que estás no bom caminho...

Sandro Sousa

Henriqueseis disse...

Tk´s Sandro.

Anónimo disse...

Um chip tracker é inserido com uma seringa, através de uma agulha pouco mais larga que as antigamente usadas para recolher sangue. Ou seja, é bem menor que um grão de arroz.

Henriqueseis disse...

Anónimo. é isso mesmo.agora experimenta pôr um na boca e trinca-lo com toda força.

MUSP disse...

Mitos Urbanos e Superstições Populares
http://musp.blogs.sapo.pt

vejam e comentem :)